Skip to content

Estudando as cores (CURSO e LIVRO)

13/04/2011

Bom, assuntos relacionados as cores sempre me atraíram! Eu acho realmente que não tenho uma cor favorita, eu gosto de todas ou quase todas… é mais fácil falar a que não gosto: MARROM. Marrom é básico, eu sou básica, eu sei disso, e já usei bastante marrom, até perceber o quão triste essa cor é! Ô corzinha feia!!! Vale lembrar acho marrom feio para EU usar.. nos outros até acho simpática!

Gosto tanto de falar sobre cores, que em um trabalho para a matéria Estética e Linguagem, que tive na pós fiz um breve estudo sobre os aspectos psicológico das cores. E também sou adepta da Cromoterapia (né Mamys?! quem precisar, pode procurá-la)

Aliás, cores é um assunto bastante recorrente para quem trabalha com moda, design, decoração. Não é à toa que toda estação tem cores novas, e todo mundo quer saber quais são.

  • 1
  • 1
  • 1

Mas estou falando sobre isso, por que sábado agora (16/04), a Integra vai fazer um curso sobre cores.

Tá em cima da hora para avisar.. eu sei… mas só fiquei sabendo hoje também..

Dá tempo de fazer a inscrição, eu consegui fazer a minha.

Curso de DNA das Cores – Os Segredos dos Experts Revelados

16 de Abril de 2011 | Carga horária: 08:00h | São Paulo – SP

No curso o participante aprende conceitos e técnicas para utilizar as combinações cromáticas e a teoria da cor de maneira a desenvolver projetos de comunicação, design e moda.

Pelo programa, o curso parece ser bem interessante, alguns temas abordados:

• As cores e a Filosofia;

• As cores e as culturas;

• O DNA das cores;

• Técnicas do Círculo Cromático;

• A cor nas Artes Gráficas;

• A cor na Moda;

• A cor na Publicidade;

• A cor no Design;

Mais informações no site da Integra

Agora um pouco mais sobre o que sei de cores.

Sobre o simbolismo das cores:

“Povos calorosos, como os franceses, amam cores intensas, em especial as do lado ativo; já povos moderados, como os ingleses e alemães, usam amarelo palha ou cor de couro, combinando-o com azul escuro. Povos que buscam dignidade, como os italianos e espanhóis, fazem o vermelho de seus mantos tender para o lado passivo.”.

(GOETHE, Doutrina das cores, p.141).

Circulo Cromático de Goethe - retirado do livro A cor no processo criativo

 

 
Cada cor produz um efeito específico sobre o homem ao revelar sua essência tanto para o olho quanto para o espírito. Conclui-se daí que a cor pode ser utilizada para certos fins sensíveis, morais e estéticos. (GOETHE, Doutrina das cores, p.154).

Diagrama dos poderes da alma - retirado do livro A cor no processo criativo

 

Sobre Bauhaus e os mestres da cor.

  • Johannes Itten

Tinha como objetivo identificar a expressão individual de cada aluno, e orienta-los em sua vocação, utiliza a preferência de cores dos seus alunos para diagnosticar sua personalidade e habilidades.

Círculo cromático de Itten - retirado do livro "A cor no processo criativo"

 

  • Paul Klee

Foi professor da Bauhaus por 11 anos, seu objetivo como educador era mostrar aos alunos o caminho para que pudessem criar livremente sem modelo de cor ou forma preestabelecido.

Circulo cromático de Klee - retirado do livro "A cor no processo criativo"

 

  •  Wassily Kandinsky

Forte semelhança a Teoria das Cores de Goethe. Kandinsky associava sons, cores e formas, mostrando haver relações entre eles, se interessava pelo estudo cromoterápico das cores.

Círculo cromático de Kandinsky - retirado do livro "A cor no processo criativo"

  •  Josef Albers

Aluno da Bauhaus, posteriormente é convidado para lecionar na escola. Desenvolve uma metodologia didática baseada no reconhecimento das características dos diversos materiais. Percursor do movimento op art.

triângulo cromático de Albers - retirado do livro "A cor no processo criativo"

Bom e depois de mostrar tantas imagens do livro: A cor no processo criativo, um estudo sobre a Bauhaus e a teoria de Goethe, de Lilian Ried Miller Barros, tenho que indicá-lo né?

 Vende na Cultura e na Estante Virtual.

Eu gostei bastante, tem muitas informações interessantes sobre o estudo da cor.

Quem quiser se aprofundar sobre as influencias psicológicas das cores leiam sobre Kandisnky e Goethe!

Beijo!!

Anúncios
7 Comentários leave one →
  1. 18/04/2011 7:24 am

    Amandinha, eu adoro mexer com as cores, mas tudo é mto instintivo…gostaria de me aprofundar, mas a impaciencia nao deixa, vou voltar algumas vezes e vou lendo aos poucos, otima semana p vc linda, bjao

  2. 21/11/2012 12:01 pm

    Amanda estou precisando saber quem foi o criado(res) do circulo cromático pois pesquisei no google e não obtive respostas. obrigado

  3. Paulo Angelini permalink
    24/11/2012 12:46 pm

    Muito Bacana Amanda, adorei sua matéria, estou fazendo um TCC tendo como objeto principal a questão da COR, esse livro realmente é muito bom. Parabéns.! Paulo Angelini – Belas Artes S Paulo.

Trackbacks

  1. Estudando as cores (CURSO e LIVRO) – por Amanda Oliveira | designerhenriq
  2. Um pouco mais sobre cores. « Blog da Amanda Oliveira
  3. Um pouco mais sobre cores, por Amanda Oliveira | designerhenriq

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: